DoaçãoPrecisamos do seu apoio para continuar com nosso projeto. Porque e como ajudar

TelegramEstamos também no Telegram, siga nosso grupo. Estamos no TelegramAcesse Siga

Corrida do tempo: fonte e tempo histórico, pré-história (jogo para imprimir)

11 de abril de 2023

13062
Visitas

48
compartilhamentos

Acessibilidade
Array ( [0] => WP_Term Object ( [term_id] => 3069 [name] => calendários [slug] => calendarios [term_group] => 0 [term_taxonomy_id] => 3069 [taxonomy] => post_tag [description] => [parent] => 0 [count] => 3 [filter] => raw ) [1] => WP_Term Object ( [term_id] => 753 [name] => contagem do tempo [slug] => contagem-do-tempo [term_group] => 0 [term_taxonomy_id] => 753 [taxonomy] => post_tag [description] => [parent] => 0 [count] => 2 [filter] => raw ) [2] => WP_Term Object ( [term_id] => 3412 [name] => EF06HI01 [slug] => ef06hi01 [term_group] => 0 [term_taxonomy_id] => 3412 [taxonomy] => post_tag [description] => Identificar diferentes formas de compreensão da noção de tempo e de periodização dos processos históricos (continuidades e rupturas). [parent] => 0 [count] => 12 [filter] => raw ) [3] => WP_Term Object ( [term_id] => 3418 [name] => EF06HI02 [slug] => ef06hi02 [term_group] => 0 [term_taxonomy_id] => 3418 [taxonomy] => post_tag [description] => Identificar a gênese da produção do saber histórico e analisar o significado das fontes que originaram determinadas formas de registro em sociedades e épocas distintas. [parent] => 0 [count] => 10 [filter] => raw ) [4] => WP_Term Object ( [term_id] => 3404 [name] => EF06HI03 [slug] => ef06hi03 [term_group] => 0 [term_taxonomy_id] => 3404 [taxonomy] => post_tag [description] => Identificar as hipóteses científicas sobre o surgimento da espécie humana e sua historicidade e analisar os significados dos mitos de fundação. [parent] => 0 [count] => 9 [filter] => raw ) [5] => WP_Term Object ( [term_id] => 3419 [name] => EF06HI04 [slug] => ef06hi04 [term_group] => 0 [term_taxonomy_id] => 3419 [taxonomy] => post_tag [description] => Conhecer as teorias sobre a origem do homem americano. [parent] => 0 [count] => 9 [filter] => raw ) [6] => WP_Term Object ( [term_id] => 3401 [name] => EF06HI05 [slug] => ef06hi05 [term_group] => 0 [term_taxonomy_id] => 3401 [taxonomy] => post_tag [description] => Descrever modificações da natureza e da paisagem realizadas por diferentes tipos de sociedade, com destaque para os povos indígenas originários e povos africanos, e discutir a natureza e a lógica das transformações ocorridas. [parent] => 0 [count] => 12 [filter] => raw ) [7] => WP_Term Object ( [term_id] => 3129 [name] => fonte histórica [slug] => fonte-historica [term_group] => 0 [term_taxonomy_id] => 3129 [taxonomy] => post_tag [description] => [parent] => 0 [count] => 1 [filter] => raw ) [8] => WP_Term Object ( [term_id] => 1041 [name] => historiador [slug] => historiador [term_group] => 0 [term_taxonomy_id] => 1041 [taxonomy] => post_tag [description] => [parent] => 0 [count] => 3 [filter] => raw ) [9] => WP_Term Object ( [term_id] => 3128 [name] => pesquisa histórica [slug] => pesquisa-historica [term_group] => 0 [term_taxonomy_id] => 3128 [taxonomy] => post_tag [description] => [parent] => 0 [count] => 1 [filter] => raw ) [10] => WP_Term Object ( [term_id] => 149 [name] => Pré-História [slug] => pre-historia [term_group] => 0 [term_taxonomy_id] => 149 [taxonomy] => post_tag [description] => [parent] => 0 [count] => 12 [filter] => raw ) [11] => WP_Term Object ( [term_id] => 3127 [name] => produção histórica [slug] => producao-historica [term_group] => 0 [term_taxonomy_id] => 3127 [taxonomy] => post_tag [description] => [parent] => 0 [count] => 1 [filter] => raw ) [12] => WP_Term Object ( [term_id] => 3125 [name] => saber histórico [slug] => saber-historico [term_group] => 0 [term_taxonomy_id] => 3125 [taxonomy] => post_tag [description] => [parent] => 0 [count] => 1 [filter] => raw ) [13] => WP_Term Object ( [term_id] => 3126 [name] => séculos [slug] => seculos [term_group] => 0 [term_taxonomy_id] => 3126 [taxonomy] => post_tag [description] => [parent] => 0 [count] => 2 [filter] => raw ) [14] => WP_Term Object ( [term_id] => 24 [name] => tempo historico [slug] => tempo-historico [term_group] => 0 [term_taxonomy_id] => 24 [taxonomy] => post_tag [description] => [parent] => 0 [count] => 10 [filter] => raw ) )

Ensinar História para alunos mais novos é sempre um desafio por lidar com conceitos que exigem pensamento abstrato, faculdade que começa a despontar no 5º e 6º ano emas que só se completa no final do Ensino Fundamental. Daí o esforço cognitivo dos alunos de 10-11 anos para compreenderem conceitos como tempo histórico, periodização, linha do tempo, contagem decrescente e crescente, início e fim de século, nomadismo, sedentarismo e outros.

O uso de jogos para essas turmas é uma ferramenta de ensino poderosa pelo seu aspecto lúdico e motivador. Ao jogar, os alunos ficam mais motivados para aprender, prestar atenção e participar das tarefas propostas.

Os jogos podem, também, criar uma experiência positiva de aprendizagem que favorece a fixação de conteúdos e estimula o aprendizado de pensar e agir rapidamente.

Realizados em grupo, os jogos aumentam a participação da classe, o trabalho em equipe e a colaboração entre os alunos. São, também, uma boa maneira de controlar a competitividade na sala de aula (tão comum entre os meninos) na medida em que todos devem participar e apoiarem uns aos outros durante a atividade.

Para o professor, o jogo possibilita revisar e verificar o conteúdo aprendido percebendo lacunas ou pontos que devem ser reforçados.

Jogo “Corrida do tempo”

O jogo “Corrida do tempo” é da modalidade “perguntas e respostas”, elaborado para o 6° ano, com 40 enunciados abrangendo os seguintes temas:

  • A História e o trabalho do historiador
  • Tipos de fonte histórica
  • Contagem do tempo (milênio, século, década)
  • Calendário cristão e muçulmano
  • Tempo histórico: a.C. e D.C., periodização da História
  • Evolucionismo e criacionismo
  • Origem do ser humano e hominídeos
  • Pré-História: Paleolítico e Neolítico
  • Pinturas rupestres
  • Sambaquis

“Corrida do tempo”, jogo de tabuleiro: detalhe das pistas de corrida e dos veículos que compõem o jogo

  • BNCC: 6° ano – Habilidades: EF06HI01, EF06HI02, EF06HI03, EF06HI04, EF06HI05

O jogo “Corrida do tempo” traz 40 enunciados sobre os temas acima listados e em 4 níveis de dificuldade (indicados pelas cores das cartas e das “casas” no tabuleiro): muito fácil, fácil, médio, difícil. Isso permite que todos os alunos participem sem constrangimento.

Exemplos de enunciados por nível de dificuldade:

  • NÍVEL MUITO FÁCIL: Cite dois instrumentos para medir o tempo.
  • NÍVEL FÁCIL: O ano 950 pertence a qual século?
  • NÍVEL MÉDIO: Nome da espécie a qual pertencemos e que foi a última a aparecer no planeta.
  • NÍVEL DIFÍCIL: Característica dos grupos humanos que vivem em lugar fixo onde produz seu próprio sustento.

Para cada enunciado, o aluno deve responder em 20 segundos, podendo consultar seus colegas.

Para jogar, a classe é dividida em 5 grupos e cada grupo corre em uma pista do tabuleiro. O tabuleiro com as pistas fica na mesa do professor e será usado por toda turma.

As peças do jogo são veículos diversos – carro de boi, biga romana, carro antigo e um carro de corrida – cada veículo correspondendo a uma etapa de dificuldade.

O jogo “Corrida do tempo” foi produzido em coautoria com a profa. Kelly Fernanda Gonçalves.

Para baixar o jogo no site STUD HISTÓRIA, clique no botão abaixo e faça um pedido na loja. Material gratuito.

Acessar

Fonte (sobre uso de jogos educativos)

  • LEAL, Telma Ferraz. Jogos: alternativas didáticas para brincar alfabetizando (ou alfabetizar brincando?). In: Alfabetização: apropriação do sistema de escrita alfabética. Belo Horizonte: Autêntica, 2005.
  • KISHIMOTO, Tizuko Morchida. O Jogo e a Educação Infantil. São Paulo: Pioneira, 1998.
  • ________. Jogo, brinquedo e a educação. São Paulo: Cortez, 1996.
  • CARNEIRO, Eudorico de Oliveira. Jogos educativos. Rio de Janeiro: S.N., 1966.
  • CELIA, Glória I. de. Aprender a formar crianças leitoras e escritoras. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998.
  • LOPES, Maria da Glória. Jogos na Educação: criar, fazer, jogar. São Paulo: Cortez Editora, 1999.
  • CANTO, A. R., & ZACARIAS, M. A. Utilização do jogo Super Trunfo Árvores Brasileiras como instrumento facilitador no ensino dos biomas brasileiros. Ciência e Cognição, 2009, 14, 144-153.
  • CEZAR, K. P. L., MORAIS, N. C. B., CALSA, G. C., ROMUALDO, E. C. Acentuação gráfica: criação e aplicação de um jogo de regras. Revista de Psicopedagogia, 2008, 25, 62-74.
  • FONSECA, L. M. M., SCOCHI, C. G. S., MELLO, D. F. Educação em saúde de puérperas em alojamento neonatal: aquisição de conhecimento mediado pelo uso de um jogo educativo. Revista Latino Americana de Enfermagem, 2002,10, 166-171.
  • SOUZA, S. R., HÜBNER, M. M. C. Efeitos de um jogo de tabuleiro educativo na aquisição de leitura e escrita. Acta Comportamentalia, 2010, 18, 215-242.
  • SUDO, C. H., SOARES, P. G., Souza, S. R., HAYDU, V. B. Equivalência de estímulos e uso de jogos para ensinar leitura e escrita. Revista Brasileira de Terapia Comportamental e Cognitiva, 2008, 10, 223-238.

Outros recursos

 

 

Doação
Doação

Estamos no limite de nossos recursos 😟 O site Ensinar História produz conteúdo de qualidade sem custos, sem propaganda e sem restrições aos seguidores. Contribua com nosso projeto realizando uma doação.

Compartilhe

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Outros Artigos

Últimos posts do instagram

Fique por dentro das novidades

Insira seu e-mail abaixo para receber atualizações do blog:

    0
    Would love your thoughts, please comment.x