DoaçãoPrecisamos do seu apoio para continuar com nosso projeto. Porque e como ajudar

TelegramEstamos também no Telegram, siga nosso grupo. Estamos no TelegramAcesse Siga

Chegada do homem à Lua

20 de julho de 1969

2854
Visitas

7
compartilhamentos

Acessibilidade
BNCC

Em 20 de julho de 1969, astronautas da nave espacial Apollo 11, dos Estados Unidos, pisaram na Lua. Pela primeira vez, na História, o homem caminhou no solo lunar. Era o auge da corrida espacial entre Estados Unidos e União Soviética que colocava frente a frente duas ideologias antagônicas.

Entre as décadas de 1950 e 1960, as duas superpotências disputaram a supremacia na exploração e tecnologia espacial motivadas para provar, cada uma, sua própria superioridade técnica e poder militar e, com isso, alimentar a propaganda ideológica de seus regimes políticos.

  • BNCC: 9º ano. A Guerra Fria: confrontos de dois modelos. Habilidade: EF09HI28

A corrida espacial envolveu esforços pioneiros no lançamento de satélites artificiais, voos espaciais tripulados em torno da Terra e viagens tripuladas à Lua.

A competição começou, efetivamente, com o lançamento do satélite artificial soviético Sputnik 1 em 4 de outubro de 1957, o que levou os Estados Unidos a injetarem milhões de dólares para, quatro meses depois, lançarem seu primeiro satélite, o Explorer I, em 31 de janeiro de 1958.

Nos anos seguintes, multiplicou-se o número de satélites artificiais terrestres e sondas espaciais lançados pela URSS e pelos Estados Unidos.

Os voos espaciais tripulados da URSS

Coube aos soviéticos a primeira experiência de enviar um ser vivo ao espaço. Em 3 de novembro de 1957, a cadela russa Laika subiu ao espaço a bordo da nave espacial Sputnik 2. O animal morreu horas após o início da viagem devido ao stress e sobreaquecimento da cabine.

Quatro anos depois, outro pioneirismo russo: o envio de um astronauta ao espaço. Yuri Gagarin (1934-1968), o primeiro homem no espaço, fez um voo orbital de 1h48m, a bordo da nave Vostok 1, em 12 de abril de 1961.

Neste voo, Gagarin disse as famosas frases: “A Terra é azul” e “Olhei para todos os lados, mas não vi Deus“. (Esta última citação pode ter sido inventada pelos soviéticos para fins de propaganda.)

O programa espacial dos Estados Unidos

O sucesso soviético despertou grande preocupação nos Estados Unidos, pois além de deixar a potência capitalista na retaguarda tecnológica ainda disseminava o medo de que os satélites e naves espaciais soviéticos poderiam, em futuro próximo, transportar e lançar bombas.

A agência espacial NASA, criada em junho de 1958, responsável por coordenar todo o esforço de exploração espacial dos Estados Unidos ainda dava seus primeiros passos e estava longe de competir com a URSS.

Em um famoso discurso de 1961, John F. Kennedy, presidente dos Estados Unidos, lançou o desafio de, antes do final da década, “enviar homens à Lua e trazê-lo de volta a salvo“.

A partir de então, um ambicioso programa espacial tripulado teve início com o Projeto Mercury (1958-1963) que usava uma cápsula espacial para um astronauta em manobras na órbita terrestre. Seguiu-se o Projeto Gemini (1961-1966) que realizou 12 missões com naves para dois tripulantes. Finalmente, o Projeto Apollo (1961-1972) cuja espaçonave tinha capacidade para levar três astronautas e pousar na Lua.

O Projeto Apollo incluiu dezoito missões tendo onze voos tripulados e seis deles pousaram na Lua, no total de doze astronautas que caminharam no solo lunar e lá fizeram experimentos científicos.

Apollo 11

Entre as missões do Projeto Apollo está o emblemático pouso em solo lunar da Apolo 11, em 20 de julho de 1969. A nave decolou em 16 de julho levando os astronautas Neil A. Armstrong, Michael Collins e Edwin E. “Buzz” Aldrin – os primeiros homens a caminharem na Lua.

A viagem para a Lua levou pouco mais de três dias. Após atingir a órbita, Armstrong e Aldrin foram transferidos para o módulo lunar Eagle enquanto Collins permaneceu no módulo de comando e serviço Columbia.

O módulo Eagle pousou em um local chamado “Sea of Tranquility” (Mar da Tranquilidade). Os astronautas esperaram seis horas antes de deixarem o módulo.

Neil A. Armstrong, o primeiro astronauta a pisar no solo lunar, imortalizou o momento, na famosa frase: “Um pequeno passo para um homem, um salto gigantesco para a humanidade“. Aldrin se juntou a ele na superfície lunar quase 20 minutos depois.

Ao todo, eles ficaram pouco menos de 2h15m fora do módulo e coletaram 21,5 kg de material para trazer de volta à Terra. No dia seguinte, eles se encontraram com o Columbia.

O pouso na Lua foi o primeiro evento de mídia global. A NASA transmitiu o feito pela televisão, para todo mundo, em tempo real, sendo testemunhado por um quinto da população da Terra, ou cerca de 723 milhões de pessoas.

Os astronautas da Apollo 11 colocaram uma placa na Lua onde está escrito: Here men from planet Earth first set foot upon the Moon. July 1969 A.D. We came in Peace for all mankind. (“Aqui os homens do planeta Terra pisaram pela primeira vez na Lua. Julho de 1969 d.C. Viemos em paz, em nome de toda a humanidade.”)

A Apollo 11 deixou a órbita lunar e retornou à Terra, pousando com segurança no Oceano Pacífico em 24 de julho de 1969.

Saiba mais

Abertura

  • Buzz Aldrin, piloto do módulo lunar Eagle, em continência à bandeira dos Estados Unidos fincada no solo lunar.

Compartilhe

Navegue pela História

Selecione o mês para conhecer os fatos históricos ocorridos ao longo do tempo.

Outros Artigos

Últimos posts do instagram

Fique por dentro das novidades

Insira seu e-mail abaixo para receber atualizações do blog: