DoaçãoPrecisamos do seu apoio para continuar com nosso projeto. Porque e como ajudar

TelegramEstamos também no Telegram, siga nosso grupo. Estamos no TelegramAcesse Siga

Cleópatra é pop: as muitas Cleópatras do cinema

27 de abril de 2023

3590
Visitas

3
compartilhamentos

Acessibilidade
Array ( [0] => WP_Term Object ( [term_id] => 3887 [name] => Cleopatra. cinema [slug] => cleopatra-cinema [term_group] => 0 [term_taxonomy_id] => 3887 [taxonomy] => post_tag [description] => [parent] => 0 [count] => 1 [filter] => raw ) [1] => WP_Term Object ( [term_id] => 412 [name] => Egito antigo [slug] => egito-antigo [term_group] => 0 [term_taxonomy_id] => 412 [taxonomy] => post_tag [description] => [parent] => 0 [count] => 8 [filter] => raw ) [2] => WP_Term Object ( [term_id] => 40 [name] => filmes historicos [slug] => filmes-historicos [term_group] => 0 [term_taxonomy_id] => 40 [taxonomy] => post_tag [description] => [parent] => 0 [count] => 3 [filter] => raw ) )

Cleópatra VII, a mais notável e a última rainha do Egito, desde a Antiguidade despertou o interesse e o fascínio de escritores, eruditos, historiadores, arqueólogos, pintores, dramaturgos (Shakespeare), compositores (Händel), quadrinistas (Albert Uderzo, criador de Asterix) e numerosos cineastas.

Quando o cinema dava seus primeiros passos, ainda mudo e em preto e branco, Cleópatra foi encenada atraindo grande público. Desde então, foram produzidos dezenas de filmes inspirados na rainha egípcia e, em todos eles, ela é representada como mulher de grande beleza e sensualidade, que seduziu e manipulou os mais poderosos homens de seu tempo.

Listamos 15 filmes que têm Cleópatra como personagem central interpretada, em sua maioria, por atrizes europeias, mas também existiram Cleópatra mexicana (Maria Antonieta Pons), chilena (Leonor Varella), argentina (Linda Cristal), brasileira (Alessandra Negrini), ruiva (Rhonda Fleming) e até com traços orientais em uma animação japonesa (dublada por Chinatsu Nakayama).

1. A Tumba de Cleópatra (1899)

Jeanne d’Alcy como Cleópatra, em “A Tumba de Cleópatra”, direção de Georges Méliès, 1899.

Curta-metragem de apenas 2 minutos de duração, também conhecido como Roubando a tumba de Cleópatra, dirigido por Georges Méliès, cineasta e ilusionista francês precursor dos efeitos especiais. É um primeiros filmes de terror já produzidos. Estrelado por Jeanne d’Alcy como Cleópatra e pelo próprio Méliès como um ladrão de tumbas que profana a múmia da rainha para traze-la de volta à vida. Durante muito tempo pensou-se que o filme estava perdido, mas uma cópia foi descoberta na França em 2005.

2. Cleópatra (1912)

Helen Gardner como Cleópatra, longa metragem dirigido por Charles L. Gaskil, 1912.

Filme mudo, um dos primeiros longas-metragens de seis rolos (87 minutos) produzidos nos Estados Unidos. Dirigido por Charles L. Gaskil e estrelado por Helen Gardner no papel-título. Como muitos filmes americanos da época, Cleópatra foi sujeito a cortes por conselhos municipais e estaduais de censura cinematográfica.

3. Cleópatra (1917)

Theda Bara como Cleópatra, sob direção de J. Gordon Edwards, 1917.

Filme mudo, da Fox, dirigido prt J. Gordon Edwards, teve Theda Bara como Cleópatra, Fritz Leiber como Júlio César e Thurston Hall como Marco Antônio. Foi um dos filmes de Hollywood mais elaborados já produzidos até então, com cenários e figurinos luxuosos. Foi um grande sucesso na época. Os figurinos de Theda Bara eram bastante ousados e o filme acabou sendo censurado, considerado obsceno para ser exibido. Nenhuma cópia sobrevivente é conhecida.

4. Cleópatra (1934)

Claudette Colbert como Cleópatra sob direção de Cecil B. DeMille, 1934.

Dirigido por Cecil B. DeMille e distribuído pela Paramount Pictures, estrelado por Claudette Colbert como Cleópatra, Warren William como Júlio César e Henry Wilcoxon como Marco Antônio. Estreou em 16 de agosto de 1934, em Nova York, e o público da estreia aplaudiu o filme de pé. Recebeu cindo indicações ao Oscar ganhando um Oscar de Fotografia. Foi o filme de maior bilheteria lançado nos Estados Unidos em 1934.

5. César e Cleópatra (1945)

Vivien Leigh como Cleópatra em “César e Cleópatra”, direção de Gabriel Pascal, 1945.

Filme colorido britânico dirigido por Gabriel Pascal e estrelado por Vivien Leigh como Cleópatra, Claude Rains como Júlio César. O filme foi rodado em Technicolor e tinha cenários luxuosos, sendo o filme britânico mais caro já produzido na época. O diretor encomendou areia do Egito para obter a cor cinematográfica certa. A produção sofreu atrasos pelas restrições causadas pela guerra e a interrupção de cinco semanas devido à depressão de Vivien Leigh que sofreu um aborto espontâneo durante as filmagens. Apesar do sucesso na Inglaterra e nos Estados Unidos, o filme não conseguiu recuperar seu enorme orçamento.

6. Serpente do Nilo (1953)

Rhonda Fleming como Cleópatra em “A Serpente do Nilo”, direção de William Castle, 1953

Filme estadunidense dirigido por William Castle,  tendo Rhonda Fleming, atriz de fulgurantes cabelos vermelhos, interpretanto Cleópatra e Raymond Burr como Marco Antonius. Filme de baixo orçamentom foi rodado nos sets usados oara Salomé. Os figurinos femininos trazem elementos da moda dos anos 1950 como os sutians usados por Cleópatra e os biquínis das bailarinas.

7. Duas Noites com Cleópatra (1954)

Sophia Loren como Cleópatra na comédia “Duas Noites com Cleópatra”, direção de Mario Mattoli, 1954.

Filme italiano de comédia dirigido por Mario Mattoli e estrelado por Sophia Loren, que assume dois papéis: a Rainha do Nilo com um apetite de “um homem por noite”  e uma bela escrava que se passa por ela e é cortejada por um guarda-costas que pensa ser ela a verdadeira Rainha. No filme, Cleópatra passa as noites com um dos soldados de Marco Antônio (Ettore Manni) que é envenenado no dia seguinte para não contar o que ocorreu na noite anterior. O filme retrata Cleópatra de acordo com o mito de mulher fatal e sedutora. Embora o cenário da história seja Alexandria no Egito, o filme foi inteiramente rodado nos estúdios Cinecittà em Roma.

8. Legiões do Nilo ou Legiões de Cleópatra (1959)

Linda Cristal como Cleópatra em “Legiões do Nilo”, direção de Vittorio Cottafavi, 1959

Filme ítalo-franco-espanhol escrito e dirigido por Vittorio Cottafavi tem a atriz argentina Linda Cristal interpretando dois papeis: Cleópatra e a bailarina Berenice. O filme apresenta outra abordagem da história a partir da derrota de Marco Antonio em Actium. O cônsul Curridio foi incumbido por Otaviano de ir à Alexandria para convenver Marco Antônio a abandonar Cleópatra e retonar a Roma, evitando uma nova batalha. Curridio vai para a cidade incógnito, mas encontra dificuldades para se aproximar de Antonio. Nesse ínterim, ele se apaixona pela fascinante e misteriosa dançarina Berenice, que na verdade não é outra senão a própria Cleópatra, que adora se misturar com às pessoas comuns.

 9. Cleópatra (1963)

Elizabeth Taylor como Cleópatra em filme dirigido por Joseph L. Mankiewicz, 1963.

Filme épico estadunidense e um dos mais longos de Hollywood (4h18min). Foi dirigido por Joseph L. Mankiewicz e tem a Cleópatra mais conhecida do cinema, interpretada Elizabeth Taylor. Rex Harrison interpreta Júlio César e Richard Burton, Marco Antonio. Uma das produções mais caras de Hollywood que chegou a 44 milhões de dólares. Elizabeth Taylor pediu o contrato recorde de 1 milhão de dólares mais 10% da receita bruta de bilheteria. As filmagens sofreram repetidas interrupções, algumas devido a saúde de Elizabeth Taylor que foi hospitalizada por meningite e depois por pneumonia. As filmagens foram feitas nos estúdios Cinecittà de Roma, na Espanha, Egito, Londres e na ilha de Ischia, no golfo de Nápoles. O filme foi um enorme sucesso de público nos Estados Unidos e na Europa.

10. Asterix e Cleópatra (1968)

“Asterix e Cleópatra”, animação belga-francesa, direção de René Goscinny e Albert Uderzo, 1968.

Comédia de animação belga-francesa dirigida por René Goscinny e Albert Uderzo. É a segunda aventura de Asterix transformada em longa-metragem (1h09min). No filme, Obelix (Hal Brav) e Asterix (Lee Payant) vão ao Egito para ajudar o arquiteto Numerobis a construir um palácio para Cleópatra (Ginger Hall). É a animação mais famosa sobre Cleópatra e está cheio de personagens divertidos, bom humor visual e jogo de palavras inteligente. Disponível dublado no YouTube.

11. Cleópatra (1970)

“Cleópatra”, animação japonesa com apelo erótico, 1970.

O filme pertencente ao gênero conhecido como animerama (filmes adultos de temas eróticos). Nos Estados Unidos foi distribuído com o título Cleópatra, a rainha do sexo. Dirigido por Eiichi Yamamoto e Osamu Tezuka, foi dublado por Chinatsu Nakayama (Cleópatra), Hajime Hana (Júlio César) e Osami Nabe (Marco Antônio). O filme se passa em um futuro distante, onde a humanidade enfrenta a ameaça de uma raça alienígena que planeja conquistar a terra com o misterioso Plano Cleópatra. Usando uma máquina do tempo, três humanos têm suas almas transportadas para os corpos de membros da corte de Cleópatra para impedir o plano. O filme não foi bem recebido pelo público e foi um fracasso comercial.

12. À sombra das pirâmides (1972)

Hildegarde Neil como Cleópatra em “À sombra das Pirâmides”, direção de Charlton Heston, 1972.

Adaptação cinematográfica da peça Antônio e Cleópatra de William Shakespeare, dirigido por  Charlton Heston teve a atriz inglesa Hildegarde Neil como Cleópatra, e Charlton Heston como Marco Antonio. Apesar de Charlton Heston, veterano ator de épicos de sucesso (Os Dez Mandamentos, 1956; Ben Hur, 1959; El Cid, 1961), o filme não foi bem recebido pelo público e, como resultado, teve um lançamento limitado nos Estados Unidos. Os críticos, porém, elogiaram a fotografia, figurinos e cenários luxuosos.

13. Cleópatra (1999)

Leonor Varella como Cleópatra em filme feito para TV, 1999.

Filme feito para a TV  baseado no romance de Margaret George, Memoirs of Cleopatra, teve a atriz chilena Leonor Varella como Cleópatra. As locações da filmagem foram em Agadir, Marrocos onde foi construído o maior cenário já visto naquele país. O filme recebeu quatro indicações ao Emmy: melhor equipamento, melhor figurino, melhor penteado e melhores efeitos especiais.

14. Asterix e Obelix: Missão Cleópatra (2002)

Monica Belluci como Cleópatra na comédia “Asterix e Obelix”, 2002.

Comédia de fantasia francesa/italiana dirigida e escrita por Alain Chabat baseada na série de quadrinhos Asterix de Albert Uderzo e René Goscinny. Cleópatra é interpretada pela atriz italiana Monica Bellucci, Obelix por Gerard Depardieu e Asterix por Christian Clavier. O filme tem o mesmo enredo da animação Asterix e Cleópatra de 1968. Foi aclamado pela crítica por suas atuações e foi um sucesso de bilheteria na França.

15. Cleópatra (2007)

Alessandra Negrini como Cleópatra e Miguel Falabella como Júlio César no fime dirigido por Júlio Bressane, 2007.

Filme brasileiro dirigido por Júlio Bressane com roteiro escrito por ele e sua mulher, Rosa Dias. Teve Alessandra Negrini como Cleópatra, Miguel Falabella como Júlio César, Bruno Garcia como Marco Antônio e Heitor Martinez como Otaviano. As filmagens começaram em 2005 e foram feitas na cidade do Rio de Janeiro, tendo a praia de Copacabana transformada no rio Nilo. Foi o grande vencedor do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, eleito melhor filme pelo júri oficial e Alessandra Negrini como Melhor Atriz.

Saiba mais

Doação
Doação

Estamos no limite de nossos recursos 😟 O site Ensinar História produz conteúdo de qualidade sem custos, sem propaganda e sem restrições aos seguidores. Contribua com nosso projeto realizando uma doação.

Compartilhe

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Outros Artigos

Últimos posts do instagram

Fique por dentro das novidades

Insira seu e-mail abaixo para receber atualizações do blog:

    0
    Would love your thoughts, please comment.x