Seres fantásticos da cultura popular brasileira

3 de julho de 2020

67
compartilhamentos

A cultura popular brasileira é o resultado da mistura não homogênea de tradições indígenas, africanas e europeias, com numerosas variantes, e transmitida oralmente a gerações desde os tempos coloniais. Neste caldo cultural têm lendas portuguesas de raízes medievais, crenças católicas, superstições, narrativas africanas e seres da mitologia indígena que formam aquilo que os antigos chamavam de folclore e hoje se denomina tradições populares.

Criaturas de todo tipo povoam essas tradições: seres monstruosos, figuras sedutoras e perigosas, pessoas que se transformam em feras, almas penadas. Elas vivem nas florestas, nos rios, junto ao mar, nos campos de pastoreio, em cemitérios, rondam as casas e os caminhos dos viajantes. Anunciam sua presença com sons horripilantes, barulhos incomuns e atacam rápido. Raros são aqueles que conseguem escapar.

Quem criou essas tradições? “Alguém fez, em um dia de algum lugar. Mas a sua reprodução ao longo do tempo tende a ser coletivizada, e a autoria cai no chamado domínio público”, afirma Carlos Brandão. As tradições tiveram um dia os seus criadores mas eles foram esquecidos enquanto a sua criação continuou viva, foi transmitida, modificada, retraduzida e às vezes resignificada.

Muitas viajaram quilômetros levadas por seus contadores, atravessaram desertos e oceanos, foram recontadas em outros cenários e em outras línguas, ganhando novas versões. Por isso, as tradições não são monolíticas, intocáveis, mas, ao contrário, elas são dinâmicas, sempre adaptadas a novos contextos.

Contudo, mesmo com tantas modificações, as tradições ainda preservam, por muito tempo, os mesmos elementos dentro de uma mesma estrutura. Isso porque elas são símbolos de uma certa concepção de mundo e de vida. Símbolos que nem sempre entendemos porque já nos distanciamos muito do tempo e do espaço em eles se formaram.

É o caso das treze criaturas que selecionamos abaixo. Hoje, isoladas de seu contexto de origem, elas nos parecem extravagâncias de uma mente imaginativa. Mas elas não devem ser entendidas como figuras pitorescas. Elas falam de um tempo em que a natureza imperava com suas luzes e escuridão, sons e silêncios, em que os homens explicavam o mundo com uma linguagem própria que desconhecemos e que chegou a nós já filtrada e decodificada pela nossa cultura letrada.

Infográfico: Criaturas do folclore brasileiro

Infográfico: Seres fantásticos do folclore Brasileiro

São patrimônio da cultura imaterial brasileira e, como tal, devem ser preservados da mesma forma como chegaram até nós: transmitidos oralmente.

O infográfico acima reúne treze criaturas do folclore brasileiro: Boitatá ou Mboitatá, Boi Vaquim, Boiúna, Boto encantado, Curupira, Caipora ou Caapora, Cuca, Corpo-Seco, Lobisomen, Mula-sem-cabeça, Mapinguari, Matinta Pereira ou Matita Perê e Saci Pererê.

As imagens são do artista Rodval Matias e foram feitas especialmente para esse artigo.

Para imprimir o INFOGRÁFICO em tamanho A-4, preencha os campos abaixo.

Para saber mais

  • CASCUDO, Luís da Câmara. Dicionário do folclore brasileiro. São Paulo: Global, 2000.
  • _________. Antologia do Folclore Brasileiro. São Paulo: Martins, 1971.
  • _________. Contos Tradicionais do Brasil. Belo Horizonte: Itatiaia; São Paulo: Edusp, 1986.
  • _________. Folclore do Brasil. Rio de Janeiro: Editora Fundo de Cultura, 1967
  • DONATO, Hernâni. Dicionário de mitologia. São Paulo: Cultrix, 1973.
  • BATISTA, Monique Mendes da Silva. Folclore e identidade nacional na modernidade pelo olhar de Mário de Andrade.
  • snh2015.anpuh.org
  • DINIZ, Igor Melo. Os Estudos de Folclore e as Ciências Sociais no Brasil.vol.8, n.2 Revista Habitus, IFCS/ UFRJ, 2010.
  • ROCHA, Gilmar. Cultura popular: do folclore ao patrimônio. Mediações. Revista UEL, V.1, n.1, pa. 218-236, jan-jun 2009.
  • BRANDÃO, Carlos Rodrigues. O que é folclore. São Paulo: Brasiliense, 1984.
Publicidade

Compartilhe

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Outros Artigos

Últimos posts do instagram

Fique por dentro das novidades

Insira seu e-mail abaixo para receber atualizações do blog: