DoaçãoPrecisamos do seu apoio para continuar com nosso projeto. Porque e como ajudar

TelegramEstamos também no Telegram, siga nosso grupo. Estamos no TelegramAcesse Siga

Início da Revolta da Vacina, Rio de Janeiro

10 de novembro de 1904

1905
Visitas

19
compartilhamentos

Acessibilidade
BNCC

Em 10 de novembro de 1904, teve início, no Rio de Janeiro, o levante popular conhecido como Revolta da Vacina. No dia anterior, o jornal carioca “A Notícia” publicara a regulamentação da lei de vacinação obrigatória, projeto proposto pelo sanitarista Oswaldo Cruz. Os termos eram autoritários. As brigadas sanitárias, acompanhadas por policiais, poderiam entrar nas casas e aplicar a vacina à força.

A população mais pobre ficou indignada e sentiu-se ameaçada. No dia 10, o povo exaltado saiu às ruas aos gritos de “Morra a polícia. Abaixo a vacina”. Os tumultos se estendem por uma semana quando populares enfrentaram a polícia, o Exército, os bombeiros e até a Marinha. O centro do Rio de Janeiro se transformou em campo de batalha.  Lojas foram depredadas, bondes incendiados, postes de iluminação quebrados.

  • BNCC: 9 ano. Habilidade: EF09HI05
Revolta da Vacina.

Bonde virado pela população na Praça da República, RJ, durante a Revolta da Vacina, 10 de novembro de 1904.

A reação popular levou o governo a suspender a obrigatoriedade da vacina e a decretar estado de sítio no dia 16. A rebelião foi sufocada, deixando 30 mortos, 110 feridos, 945 pessoas presas, das quais 461 foram deportadas para o Acre e a Ilha das Cobras.

Com a situação sob controle, o processo de vacinação foi reiniciado. Em pouco tempo, a varíola foi erradicada da então capital do Brasil.

 

Compartilhe

Navegue pela História

Selecione o mês para conhecer os fatos históricos ocorridos ao longo do tempo.

Outros Artigos

Últimos posts do instagram

Fique por dentro das novidades

Insira seu e-mail abaixo para receber atualizações do blog: