DoaçãoPrecisamos do seu apoio para continuar com nosso projeto. Porque e como ajudar

TelegramEstamos também no Telegram, siga nosso grupo. Estamos no TelegramAcesse Siga

Nascimento de Karl Marx

05 de maio de 1818

1761
Visitas

9
compartilhamentos

Acessibilidade

Em 5 de maio de 1818, nascia em Trier, na Alemanha, Karl Marx, o mais famoso pensador revolucionário do século XIX e uma das figuras mais influentes da história da humanidade. Suas teorias, entendidas como marxismo, abrangem diversos campos do conhecimento: filosofia, economia, história, sociologia e teoria política. Inspiraram as revoluções Russa, Chinesa e Cubana no século XX, e influenciaram muitos intelectuais, sindicatos, artistas e partidos políticos em todo mundo.

Breve biografia

Karl Marx nasceu em uma família de classe média, filho de um advogado judeu convertido ao cristianismo luterano. Estudou Direito na universidade de Bonn onde conheceu sua futura esposa, Jenny von Westphalen. Depois transferiu-se para a universidade de Berlim, onde estudou Filosofia e conheceu o filósofo alemão Hegel cujas ideias influenciaram fortemente o jovem Marx.

Em 1841, obteve o título de doutor em Filosofia. Foi redator-chefe da Gazeta Renana, um jornal da província de Colônia,  em 1842. Neste ano, conheceu Friedrich Engels que se tornaria seu grande amigo e colaborador. Engels contribuiu com ajuda financeira, ideias e conhecimentos literários, mas Marx foi reconhecido como o gênio por trás da publicação conjunta.

Em 1843, a Gazeta Renana foi fechada após publicar uma série de ataques ao governo prussiano. Forçado ao exílio, Marx mudou-se para Paris onde trabalhou em um jornal franco-alemão. Em 1844, Engels o visitou em Paris e o trabalho conjunto entre ambos teve início nesse período, mantendo-se até o fim da vida da Marx.

Na mesma época, Marx conheceu Proudhom, filósofo francês e primeiro ideólogo anarquista da história, com quem teve discussões polêmicas  e muitas divergências. Teve um breve contato com Bakunin, filósofo e anarquista russo, então refugiado do czarismo russo e militante socialista.

Durante seu período em Paris, Marx intensificou seus estudos sobre economia política e os socialistas utópicos, e aderiu às ideias socialistas.

De exílio em exílio

Em 1845, Marx foi expulso da França a pedido do governo prussiano, irritado com as críticas feitas ao regime. Migrou então para Bruxelas, na Bélgica, para onde Engels também viajou. Foi ali que a dupla escreveu o célebre Manifesto Comunista.

Em 1848, Marx foi expulso de Bruxelas pelo governo belga. Junto com Engels, mudou-se para Colônia, na Alemanha, de onde foi expulso em 1849 após ataques às autoridades locais. Tentou se fixar em Paris, mas o governo francês proibiu-o de fixar residência em seu território.

Marx e família conseguiram, então, emigrarem para Londres, onde fixaram residência definitiva. Trabalhou como correspondente em Londres para o jornal estadunidense New York Tribune, onde declarou seu apoio público ao governo de Abraham Lincoln durante a Guerra de Secessão.

Viveu com muita dificuldade financeira vindo a falecer em 1883, aos 64 anos. Foi enterrado na condição de apátrida no Cemitério de Highgate, em Londres.

Principais obras

  • A Sagrada Família, 1845 (em parceria com Engels).
  • A ideologia Alemã, 1846 (em parceria com Engels).
  • Miséria da Filosofia, 1847.
  • Manifesto Comunista, 1848 (em parceria com Engels).
  • Trabalho Assalariado e Capital, 1849.
  • O 18 Brumário de Luís Bonaparte, 1852.
  • Contribuição à crítica da Economia Política, 1859.
  • O Capital: crítica da economia política – Livro I, 1867.
  • O Capital – livro II, 1885 (edição póstuma, por Engels, a partir de manuscritos e anotações de Marx).
  • O Capital – livro III, 1894 (idem).

A teoria marxista

Uma das inovações trazidas pelo pensamento de Marx foi explicar as mudanças históricas como resultado de fatores econômicos e sociais que se expressam no conflito constante entre classes sociais dominantes e dominadas, a chamada luta de classes. Antes de Marx, a história era explicada por uma abordagem basicamente política onde se enfatizava a ação de heróis e líderes individuais.

Para Marx, a luta de classes é o motor da história. A classe dominante é aquela que detêm os meios de produção, e a classe dominada a que se sujeita a dominante para obter os bens produzidos. O Estado está a serviço da classe dominante e, para isso, cria normas reguladoras – políticas, religiosas, culturais e econômicas – para assegurar os interesses dos proprietários dos meios de produção. Cabe à classe operária lutar pela conquista do Estado e estabelecer a ditadura do proletariado.

A teoria marxista é, basicamente, uma crítica radical das sociedades capitalistas. Na obra O Capital, Marx expõe a teoria da mais-valia que consiste no valor do trabalho não pago ao trabalhador, isto é, na diferença entre o que o empregado produz e o que ele recebe. A mais-valia é produto da exploração exercida pelos capitalistas (industriais, comerciantes, grandes proprietários, banqueiros etc.) sobre seus assalariados. É desta fonte (o trabalho não pago) que são tirados os lucros dos capitalistas, além da renda da terra, dos juros etc.

Marx considera o capitalismo não apenas um modo de produção explorador, mas instável e transitório, sujeito a crises econômicas cíclicas, cada vez mais severas, e à pobreza crescente da força de trabalho. Previu que à medida que a tecnologia se desenvolve, leva a um progressivo desemprego, alienando cada vez mais pessoas de seus meios de produção.

Esse processo dividiria a sociedade em dois grupos: de um lado um grande número de pessoas empobrecidas, de outro alguns poucos detentores dos meios de produção. O conflito entre esses grupos resultaria em uma revolução violenta para estabelecer uma nova sociedade sem classes, a sociedade comunista sob a ditadura do proletariado, onde o povo desfrutaria da democracia genuína e do controle social da riqueza. Assim, a concentração do capital acabaria levando à autodestruição do capitalismo e ao advento de uma sociedade sem classes.

Saiba mais

Compartilhe

Navegue pela História

Selecione o mês para conhecer os fatos históricos ocorridos ao longo do tempo.

Outros Artigos

Últimos posts do instagram

Fique por dentro das novidades

Insira seu e-mail abaixo para receber atualizações do blog: