DoaçãoPrecisamos do seu apoio para continuar com nosso projeto. Porque e como ajudar

TelegramEstamos também no Telegram, siga nosso grupo. Estamos no TelegramAcesse Siga

Sequestro de Aldo Moro pelas Brigadas Vermelhas, Itália

16 de março de 1978

2876
Visitas

10
compartilhamentos

Acessibilidade

Em 16 de março de 1978, as Brigadas Vermelhas – um grupo paramilitar de guerrilha comunista italiana formada em 1969 – sequestraram Aldo Moro, ex-primeiro ministro e presidente da Democracia Cristã. Após um longo período de cativeiro e negociações sem sucesso com o governo, as Brigadas Vermelhas decidiram pela execução do sequestrado.

Aldo Moro foi encontrado assassinado no porta-malas de um carro no dia 9 de maio de 1978, no coração de Roma, a meio caminho entre a sede da Democracia Cristã e o Partido Comunista.

O caso gerou uma grande comoção no país e na comunidade internacional, marcando o início do declínio das Brigadas Vermelhas que perdeu apoio de todos os segmentos sociais.

No início dos anos 1980, cerca de 500 brigadistas já estavam na prisão e apesar dos esforços da organização em realizar uma ofensiva para controlar fábricas, bairros, cadeias e colégios, a polícia italiana acabou por obter a “colaboração” de vários dos presos, em troca de redução de suas penas.

Compartilhe

Navegue pela História

Selecione o mês para conhecer os fatos históricos ocorridos ao longo do tempo.

Outros Artigos

Últimos posts do instagram

Fique por dentro das novidades

Insira seu e-mail abaixo para receber atualizações do blog: